;

Entenda o que são os números do cartão de crédito

Entenda o que são os números do cartão de crédito

Você sabe para que servem os números do cartão de crédito? Muitas pessoas ainda sentem dúvidas em relação a todos os números contidos no cartão. Alguns são usados para identificação, outros para segurança, mas todos são essenciais.

No texto a seguir, acompanhe tudo o que você precisa saber sobre os números do seu cartão de crédito.

O que é o cartão de crédito?

O cartão de crédito é um meio de pagamento que tem um limite de crédito pré-definido. Ele permite que o consumidor compre bens ou serviços a prazo e o pagamento é realizado apenas no dia definido como vencimento de sua fatura.

O cartão apresenta as seguintes características:

  • Nome do titular na frente ou no verso;
  • Números do cartão de crédito na frente;
  • Data de validade;
  • Chip de segurança ou tarja magnética;
  • Espaço para assinatura no verso;
  • Código de segurança (3 números do cartão de crédito que ficam no verso);
  • Identificação do emissor;
  • Bandeira.

O cartão de crédito pode ser emitido tanto para pessoas físicas quanto para pessoas jurídicas. A única regra é que você precisa ser maior de 18 anos, ter um CPF e alguma declaração de renda para a aprovação.

Para que servem os números do cartão de crédito?

A primeira coisa que vem na cabeça das pessoas é se os números do cartão de crédito são aleatórios. A resposta para essa pergunta é não. Os números têm um significado e vamos explicar para você.

É possível decodificar partes dos números do cartão de crédito e até mesmo dizer se é válido ou falso. Isso só é possível porque seguem um padrão estabelecidos pela Organização Internacional de Padronização. Essa padronização pode garantir a segurança de diversos modelos de cartões.

A numeração não identifica apenas a sua conta, mas também fornecem informações importantes de roteamento de pagamento. Tudo isso para que as cobranças sejam processadas corretamente toda vez que você o utiliza.

Sempre que você faz uma compra online e preenche um formulário com as informações do cartão, os números garantem a segurança da transação.

Na parte da frente do cartão, você tem a maior quantidade de dígitos que compõe a identificação do cartão.

O primeiro é conhecido como dígito identificador. Ele é o que informa de qual companhia o cartão faz parte ou tem parceria, em casos de cartão de lojas:

Logo após, do segundo até o sexto dígito são os números que representam o Número de Identificação do Emissor (IIN). Esses dígitos também podem ser chamados de Números de Identificação Bancária (BIN), em outros casos.

Isso é o que esclarece de qual empresa de cartão de crédito ele pertence. Um cartão de crédito das Casas Bahia, por exemplo, é representado pelos números de 2 a 6.

Do sétimo em diante, com exceção do último, identificam a conta individual em questão. Você verá apenas alguns desses dígitos impressos na fatura do seu cartão.

De acordo com a Discover, existem 1 trilhão de números de contas possíveis para cada emissor de cartão.

Por último, mas não menos importante, o dígito final é para os processadores de pagamento. Ele faz parte de um truque magnético para verificar se o número do cartão de crédito é genuíno.

Mas não é apenas isso, existem também aqueles que mostram a validade de seu cartão, ficando na parte de baixo da maior sequência.

Na parte de trás, você encontra o número CVV que é o código de verificação, que também funciona como mais uma forma segurança, principalmente em casos de compra pela internet.

Verificação dos números do cartão de crédito

Quando você usa o cartão de crédito, o número é enviado para uma verificação, para determinar se os dígitos estão em conformidade com o algoritmo chamado Luhn.

É por isso que o último dígito da sequência é chamado de “dígito de verificação” e completa o algoritmo de modo que seja divisível por 10. Ele identifica rapidamente erros quando os números cartão de crédito são transcritos manualmente, ao digitar em compras pela internet.

Faça o teste você mesmo, verifique seus próprios cartões com o algoritmo Luhn. Para um cartão com 16 dígitos, como Visa, Mastercard e Discover, dobre cada dígito pulando um.

Adicione os dígitos individuais que você anotou. Caso tenha restado números de dois dígitos, faça a somatória. Por exemplo, você dobrou o número 6 e obteve o 12, então você adiciona 1 e 2 para obter 3 e use esse número em seu total.

Após esse detalhe, volte para os números do cartão de crédito e pegue os que você pulou no início, sem dobrar. Adicione as duas somas e, se o resultado terminar em zero, o número do cartão de crédito é válido.

O que é código CVV ou CVC?

Se você é acostumado a fazer compras online, já deve saber o que é o código CVV (ou CVC) que eles pedem para segurança. Vamos falar um pouco mais sobre eles para que você entenda melhor.

O Valor de Verificação de Cartão (CVV) ou Código de Valor de Verificação é um número com três ou quatro dígitos, presentes no verso dos cartões de crédito.

Se olharmos o verso, vemos que tem dois grupos de números separados por um espaço. O primeiro é chamado de CVV1 que corresponde aos 4 últimos dígitos da sequência de números que tem na frente do cartão.

A segunda parte é chamada de CVV2, que é um algoritmo de número aleatório. Embora ambos os números sejam CVV ou CVC, quando pedem para entrar com o CVV de cartão de crédito ou débito, tem que escrever o segundo grupo de números.

Ou seja, você deve escrever a sequência do cartão que tem apenas 3 dígitos, localizados no final da caixa de assinatura e são conhecidos como códigos de segurança.

Nós da Cartões.com.br estamos aqui para ajudar você a entender melhor os números cartão de crédito e outras dúvidas. Entre em nosso blog para conferir mais conteúdos clicando aqui!