;

Entenda como funcionam os cartões de crédito

Entenda como funcionam os cartões de crédito

Ter várias opções para pagar as compras, controlando o seu orçamento mensal, é um privilégio que facilita muito a vida dos clientes. Mas será que você sabe como funcionam os cartões de crédito?

Antes de escolher o seu cartão, é importante analisar diversos fatores e verificar qual deles se encaixa melhor no seu perfil de consumidor e bom pagador.

As taxas cobradas pelos emissores dos cartões são os principais diferenciais entre um e outro. Acompanhe este artigo até o final e confira as principais vantagens e desvantagens dos cartões de crédito.

Como funcionam os cartões de crédito?

O cartão de crédito é uma das modalidades de empréstimo oferecidas pelos bancos, instituições bancárias, lojas ou outros estabelecimentos de compras. Com o cartão em mãos, você não precisa pagar em dinheiro quando estiver pessoalmente na loja. Basta apresentar o cartão, digitar a sua senha e pronto: o pagamento está feito.

No ambiente digital, os cartões de crédito facilitam ainda mais a sua vida. Ao invés de pagar um boleto ou fazer uma transferência bancária, basta digitar o número do seu cartão, a data de validade e o código de segurança.

Dessa forma, o sistema interliga o emissor do cartão com o lojista que está efetuando a venda do produto ou serviço para você.

No entanto, antes de você adquirir um cartão, existem alguns critérios bastante rígidos estabelecidos pelos bancos.

Ou seja, antes de obter esse empréstimo, o seu perfil de bom pagador será analisado pela instituição financeira e um limite de compras e saques será determinado conforme a sua renda e gastos.

Dessa forma, quanto maior for a sua renda, maior será a chance de conseguir um limite alto de compras. O seu histórico com o banco também é levado em consideração. Conforme você vai se tornando um cliente mais antigo, melhores serão as condições oferecidas.

Quais são as vantagens?

Como já dissemos anteriormente, a principal vantagem dos cartões de crédito é ter um empréstimo pré-aprovado para você fazer novas compras sempre que quiser.

O cartão de crédito também concentra o pagamento da fatura em um único dia do mês. Ou seja, você pode comprar todos os dias e pagar somente na data pré-estabelecida que for mais conveniente para o seu orçamento.

Parece simples, não é? Mas mesmo os clientes mais antigos nem sempre sabem como funcionam os cartões de crédito de maneira completa.

Se você é um cliente antigo, por exemplo, maior será o número de vantagens, sendo possível negociar, inclusive, as taxas normalmente cobradas pelos bancos.

Sem anuidade

A anuidade é uma das taxas mais difíceis de serem excluídas do pacote. No entanto, se você gasta um volume expressivo no cartão de crédito todos os meses, é possível negociar a exclusão dessa cobrança.

Em alguns casos, se você decide pagar a anuidade de uma vez só ao invés de parcelar em 12 meses, também é provável que o banco ofereça um bom desconto.

Plano de milhagens

Os gastos com o cartão de crédito também podem acumular pontos. Isto é, quanto mais você gasta, mais pontos você adquire.

Essa pontuação pode ser trocada por diversos produtos ou serviços oferecidos por parceiros do banco. O mais comum, porém, é o plano de milhagens para passagens aéreas.

Se você costuma viajar bastante dentro ou fora do país, essa é uma das melhores vantagens dos cartões de crédito. Depois de um ano acumulando pontos, é possível pagar as passagens de ida e volta somente usando as milhas do seu cartão.

Quais são as desvantagens?

Agora que você já sabe como funcionam os cartões de crédito, é importante saber também quais são as suas desvantagens. As taxas cobradas pelos bancos é a principal delas, mas veja outros pontos de atenção:

Anuidade

Como mencionamos acima, a anuidade costuma ser a taxa decisiva na hora de escolher um cartão. Isso ocorre porque, se você não conseguir negociar a isenção, o valor pode ficar bem alto no final das contas.

Para quem não gasta muito no cartão de crédito, é bom ficar muito atento à anuidade. A recomendação é que você pesquise as diversas opções no mercado e faça uma comparação.

Analisar o seu perfil de consumidor é o primeiro passo. Lembre-se também que estão surgindo no mercado diversos bancos digitais, que oferecem cartão de crédito sem anuidade.

IOF e Saques

Outra taxa que é preciso prestar a atenção é o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). Para quem faz compras em sites estrangeiros, o IOF pode ficar bem caro se o dólar estiver em alta.

Fazer saques no caixa eletrônico utilizando o cartão de crédito também pode sair muito caro no final do mês. Como nós dissemos, o cartão é uma modalidade de empréstimo. Sendo assim, existem taxas para várias operações, e a do saque é uma das mais caras. Utilize-a somente em casos de extrema emergência.

Por fim, antes de escolher o seu cartão, vale a pena fazer uma comparação e verificar as vantagens de desvantagens de cada um. Aqui no Cartões, você encontra todas as informações necessárias. Acesse e saiba mais!